População já vê resultados do novo plano municipal de segurança pública

Compartilhe

Pesquisar

Outros Municípios

TVC 01

Classicasa

classicasas

Guias e Informações

guia info

MARICÁ É NOTÍCIA: Mirante do Caju em Maricá é palco da Taça Brasil de Mountain Bike

taca brasil  mountain baike

TVC/Ascom/Pref

No último domingo (08/10), Maricá recebeu a Taça Brasil de Mountain Bike XCO (Cross Country Olímpico). Pelo segundo ano consecutivo o mirante do Caju serviu de pista para a etapa, que faz parte das modalidades olímpicas – são seis medalhas a cada edição dos Jogos – e vale pontos para o ranking internacional. Com apoio da Prefeitura através da Secretária de Esporte e Lazer a largada da primeira bateria aconteceu às 8h30 e de acordo com os organizadores a competição recebeu aproximadamente 180 atletas de todo o Brasil e também do exterior.

“O ciclismo é uma modalidade olímpica e esse é um evento internacional que além de estimular o esporte está estimulando também o turismo em Maricá”, afirmou o secretário de Esporte e Lazer Filipe Bittencourt. “Nosso objetivo é continuar dando o apoio e fornecendo a estrutura necessária para que essa e outras modalidades esportivas sejam abraçadas pela população do nosso município”, disse. “Conversei com alguns atletas e eles estão elogiando muito a pista aqui do Caju, pois além do ótimo percurso, nós temos esse visual incrível, e por isso, volto a afirmar que a secretaria de Esporte e Lazer segue com o compromisso de continuar investindo e criando as oportunidades necessárias para que o esporte continue acontecendo na cidade”, garantiu o secretário.

De acordo com Luiz Fernando Costa, um dos idealizadores da etapa realizada no mirante do Caju, há algumas necessidades obrigatórias na preparação de uma pista de XCO. “Além dos obstáculos naturais, nós criamos, nos quase 4 km de percurso, alguns obstáculos compatíveis com os níveis técnicos dos atletas”, afirmou Luiz. “A pista aqui no mirante foi bem aceita pelos atletas e muito elogiada, o que é incrível, pois temos nessa competição grandes nomes do Mountain Bike nacional e internacional. Para 2018 a promessa é promover aqui a pontuação máxima do ranking internacional de Mountain Bike”, ressaltou. “Além dos atletas profissionais, logo após a corrida da categoria elite faremos uma bateria infantil com aproximadamente 100 crianças em um percurso menor com o objetivo de incentivar e renovar o Mountain Bike no estado e no Brasil”, explicou. Luiz Fernando acrescentou ainda que três UTIs móveis foram colocadas à disposição para a necessidade de possíveis atendimentos garantido assim a segurança dos atletas e do público.

Ao todo a competição realizada no mirante do Caju foi composta por três baterias com várias categorias, como juvenil masculino e feminino; infanto-juvenil masculino e feminino; máster C2; master feminino, elite entre muitas outras. A maioria dessas categorias tinha que realizar duas voltas na pista, porém de acordo com a idade e o grau técnico poderia haver algumas variações. A categoria elite, por exemplo, tinha a obrigatoriedade de realizar seis voltas. A segunda bateria largou as 9h45 e a terceira e última bateria largou as 11h30. Na sequência foi realizada a cerimônia de premiação e entrega dos troféus.

“Eu vim de Brasília e estou em Maricá há três dias”, contou Cicero Lima, primeiro campeão do dia de uma das categorias da Taça Brasil de XCO 2017. “O percurso aqui é muito forte, eu tentei dar voltas rápidas e busquei o meu máximo”, confessou o atleta. “É inexplicável a alegria de chegar em primeiro lugar, eu treinei muito para isso”, comemorou Cicero.

Outra campeã, a primeira mulher a vencer uma das provas, foi a carioca Juliana Salvine, na categoria infanto-juvenil feminino. “Eu treinei duas vezes aqui nesta pista”, contou Juliana. “Eu comecei a competir há oito meses e tinha a expectativa de conseguir um bom resultado, pois eu treinei muito”, afirmou. “É muito emocionante, pois foi a primeira vez que eu competi pela Taça Brasil”, vibrou Juliana.

Encontro vai discutir fomento a projetos de desenvolvimento municipal

Nesta terça-feira (10/10), às 9h, a Prefeitura de Maricá, através da Secretaria de Economia Solidária vai apresentar o projeto par fomentar o desenvolvimento local através de diálogos com uma cooperativa de crédito no Cinema Público Henfil.

Empresários, comerciantes, empreendedores e a população poderá conhecer como é configurado um banco aparentemente comum mas, que na verdade, é um sistema composto por cooperativas de crédito. Na ocasião, diretores do Sistema de Cooperativas de Créditos do Brasil (Sicoob) irão apresentar como funciona o banco. O Sicoob é considerado o maior sistema financeiro cooperativo do país, com mais de 3,6 milhões de associados e 2,5 mil agências distribuídas em território nacional.

Serviço: Sistema de Cooperativa de Crédito em Maricá
Local: Cinema Público Henfil (Rua Domício da Gama, 291 - Centro)
Hora: 9h
Data: 10 de outubro

O Prefeito de Maricá, Fabiano Horta, dará posse aos novos secretários municipais de Economia Solidária – Diego Zeidan Cardoso Siqueira, Indústria e Portuária – Igor Sardinha, e Políticas Inclusivas – Sheila da Silva Pinto em solenidade nesta quarta-feira (11/10), às 17h, no Cinema Público Henfil.

Serviço:

posse novos secretarios

Posse de novos Secretários

Local: Cinema Henfil (Rua Domício da Gama, 291 – Centro)

Data: 11/10 (quarta-feira)

Hora: 17h

Mais duas ruas de São Bento da Lagoa asfaltadas

 itaipuacu sao bento1

Mais duas vias foram pavimentadas nesta sexta-feira (06/10) no entorno da Praça Cultural do Ferreira, em São Bento da Lagoa, em Itaipuaçu. A Prefeitura vem investindo os recursos dos royalties em urbanização de vários bairros da cidade. A Ruas Walter Favilla da Silva (antiga Rua 35A), no trecho entre a Avenida Carlos Marighella e a Rua João Carlos Martins, e a Rua Benjamin Constant Keller, que foi asfaltada em praticamente toda a sua extensão até a altura da Rua Van Lerbergue (antiga 34), receberam as obras. No fim de setembro, a mesma área havia recebido um novo sistema de drenagem para evitar alagamentos.

Moradores do entorno das ruas observaram durante todo o dia o trabalho das equipes da Secretaria de Obras e não esconderam a satisfação com a intervenção no local. “Tinha muita enchente por aqui, de nos deixar presos em casa. Creio que agora isso vai melhorar”, disse a professora Regina Azeredo, de 62 anos. Essa também era uma preocupação do síndico do condomínio onde ela mora. Théo Mendonça Estarneck, de 32 anos, mostrou as marcas das últimas cheias nos prédio. “Era a maior reclamação aqui, depois da poeira e da lama. Agora temos esperança que isso mude”, avaliou ele.

Uma das moradoras mais animadas com o asfaltamento era uma senhorinha de 80 anos que vive há 16 naquela área. Para Nelly Couto, o local merecia melhorias. “É a partir daqui que começam as maravilhas de Itaipuaçu, mas a gente tinha dificuldade até para sair de casa. Acho que depois disso nem água entra mais, estou gostando de ver”, acredita.

Diversas vias da região da Praça do Ferreira vêm passando por melhorias no seu piso recentemente. No início de setembro, as ruas Dom Pedrito e das Perpétuas, que circulam a Praça do Ferreira, foram as primeiras a receber pavimentação. Também foram contempladas as ruas das Hortênsias, dos Crisântemos, das Açucenas e das Margaridas.